Mando currículo e não recebo retorno. O que fazer? - Mirojobs: Vagas de Emprego Curitiba; Ponta Grossa e Paranaguá. Mando currículo e não recebo retorno. O que fazer? Mirojobs: Vagas de Emprego Curitiba; Ponta Grossa e Paranaguá.

PESQUISAR NO SITE:

  - Digite um cargo ou palavra-chave
Publicidade:

março 26, 2017

Mando currículo e não recebo retorno. O que fazer?

.

 A primeira atitude de muitos candidatos nesta situação é reclamar e prestar a ofensas à empresas e recrutadores. Muitos agem com acusações falsas e demonstram uma imaturidade profissional imensa, querem ganhar a vaga na marra. Nenhuma empresa quer um profissional assim e lamento dizer que este tipo de pessoa encontrará dificuldades várias vezes durante sua carreira. Acredito que nossos leitores são os futuros campeões e não seguem esta filosofia de tentar achar um culpado em tudo. Existem empresas e recrutadores que não são sérios, é verdade. Vi muitos destes durante minha carreira mas, não podemos julgar atitude isoladas como sendo universais. 


   Voltando a questão do currículo é importante ter e desenvolver sua maturidade profissional. Esta maturidade é imprescindível para quem deseja um dia chegar longe. Gosto sempre de tentar explicar em forma de exemplos práticos como o meu próprio.               Sempre fui um bom profissional, ético e ciente dos meus deveres e várias vezes me candidatei à algumas vagas que praticamente eram a minha cara. Mandava o currículo e sentava esperando uma ligação que nunca chegou. Um dia comentando com um amigo - sobre o fato - ele de certa forma me abriu os olhos usando um exemplo bem prático que destaco:
"Veja Luis, eu crio uma esperança todas às vezes que um cliente adentra minha loja. Me esforço o máximo para impressionar, atender bem e ser o mais agradável naquele momento. Infelizmente nem todos que entram na minha loja acabam comprando. De certa forma é o mercado de trabalho: Cada currículo que você envia é um cliente seu que está tentando fazer comprar. Nem todos vão comprar e por vezes não realizará nenhuma venda. Ou poderá se surpreender quando um cliente de menor potencial realizar uma compra grande."
    Meu amigo estava certo. Aprendi que é importante primeiro encarar o emprego como um negócio e não pensar que a empresa tem a obrigação de lhe contratar. Você deve mostrar que seu perfil é o ideal para ela. Algumas pessoas nos cobram o motivo de não serem chamadas para vagas divulgadas em nosso site e até questionam a veracidade da mesma. A reposta? É simples.  Nós mostramos onde estão os peixes, e até ensinamos à pescar(como aqui) mas, não vamos junto com as pessoas até o alto mar. Acreditamos que cada um tem um potencial e que pode ir muito mais do que já foi. 
Criatividade????
   Compreendo que é difícil o desemprego, já passei necessidades quando mais jovem e fiz sacrifícios como ter dois empregos para poder pagar meus estudos ou sustentar a casa. Porém, o que me manteve firme foi à força de vontade não só de procurar um emprego mas, de entender todo o processo. Entender onde estava errando.
   De todos que atendi nestes anos com a queixa de " não obtenho retorno dos meus e-mails" posso afirmar que a grade maioria o problema estava no contato inicial. Ou na forma de mandar o e-mail. Existem várias formas de mandar seu currículo e se destacar (tem um artigo aqui falando isto) se pensar somente no e-mail vai ser igual aos outros milhares de profissionais. E você quer ser diferente não quer?  
    Uma pessoa que se candidata à quatro vagas diferentes, em quatro áreas diferentes não demonstra cuidar da sua carreira. É o tipo do candidato que não sabe o que deseja. Quer um emprego porque precisa e infelizmente este argumento não serve para conquistar um emprego. Lembre-se sempre: Emprego é um negócio entre duas pessoas, uma prestação de serviço. Se fosse caridade não precisava de contrato.
   Outra dica importante é focar que "os pequenos frascos guardam os melhores perfumes". O sonho de vários é trabalhar em uma multinacional mas será que seu futuro depende só disto? Durante minha carreira obtive os melhores resultados em empresas pequenas, daquelas que você almoça com o chefe  e tem liberdade para uma negociação salarial ou promoção bem mais realistas. E muitos ainda são minha referência para indicação e até me ajudaram nas vezes que procurei outro trabalho, mesmo não estando mais trabalhando com eles.
   Particularmente eu não recomendo que se ligue para uma empresa para "saber de uma vaga" somente por saber. Se a empresa solicitou é diferente. Um candidato que não segue o que o recrutador pediu por teimosia é descartável. Sabemos muito bem como é ter um funcionário teimoso na empresa.
   E por fim outro motivo de vários não serem chamados é por serem candidatos aventureiros. Enviam o currículo para qualquer área, mesmo não atendendo o mínimo dos requisitos. Se tornam pessoas chatas, enviam o currículo várias vezes mesmo não tendo chances. Existem formas de se mudar de área ou trabalhar em outra profissão sem ser chato e inconveniente. Um vendedor que fique insistindo para você comprar um produto que não precisa certamente será um chato. E caso se torne frequente provavelmente você evitará a todo custo aquela loja.
   Tenham sempre em mente que depende somente de você saber o motivo de não ser chamado. Não espere alguém lhe dizer. Veja que existe um horizonte à sua frente esperando sua coragem de desbravar o oceano. Não se contente com a praia.  

Fonte: /pixabay.com

Colaborou: Luis Kosnovisk
- Equipe Mirojobs -