Como arrumar emprego fora da internet - Mirojobs: Vagas de Emprego em Curitiba, Ponta Grossa, Paranaguá e Cascavel. Como arrumar emprego fora da internet Mirojobs: Vagas de Emprego em Curitiba, Ponta Grossa, Paranaguá e Cascavel.

Publicidade:

04/06/2018

Como arrumar emprego fora da internet

..................

Imagem de procurando emprego na internet
As oportunidades não estão somente na internet

Somente uma porcentagem das vagas está na internet


Parece contraditório ensinar isto, mas a verdade deve ser dita. Em média 40% a 60% das vagas de emprego abertas chegam na internet, em sites, páginas do Facebook, classificados e redes sociais. Em algumas localidades esse número chega a 10%. 


Isto não significa que você não irá conseguir um emprego pela internet, somente que o processo será mais lento e terá muitos concorrentes.

E como encontrar emprego na internet e em outros meios, aumentando suas chances?


Saiba procurar no local certo

Muitas páginas de emprego apenas republicam vagas de outros sites. Em alguns casos, copiam integralmente o conteúdo. Este tipo de serviço, busca o lucro do proprietário do site e não ajudar realmente as pessoas a encontrar um emprego na internet.

Imagem de procurando emprego na internet
O currículo online é uma boa opção mas não pode ser a única.


Geralmente estes sites buscam divulgar somente vagas chamativas, como auxiliar de produção, recepcionista, administrativo... alguns divulgam até vagas falsas em nome de empresas grandes. Tudo para atrair mais usuários, sem se importar com o conteúdo.

Tenha cuidado ao procurar emprego na internet, para não ficar alimentando esperanças falsas.

Procurando emprego no Facebook

A tendência é que as pessoas procurem emprego em páginas e grupos do Facebook com muitas curtidas e respectivamente usuários. Este é um erro comum. Em se tratando de emprego, quanto menos pessoas naquele círculo melhor. Isto demonstra que o serviço de vagas é eficiente e que a concorrência é menor. 

Utilize também a busca do Facebook, digite palavras chave como "auxiliar de cozinha Curitiba" , e verá alguns resultados em páginas de empresas ou postagens pessoais de algumas pessoas pedindo indicação de alguém. Geralmente a concorrência é bem menor.


As vagas divulgadas no Facebook muitas das vezes já foram preenchidas, ou estão com o nível de concorrência muito alto.

Em nosso site você encontra um artigo somente falando sobre como procurar emprego no Facebook. Leia em: https://www.mirojobs.com.br/2017/09/como-encontrar-emprego-no-facebook.html

Em sites de emprego

Tanto nos sites pagos como gratuitos a concorrência pode ser grande ou não. Depende da área em que procura. Em sites pagos suas chances podem aumentar, dependendo da credibilidade da empresa. Escolha sites de nome como Catho, Empregos, Manager, Infojobs. Mas não fique preso somente a esta ferramenta.

Publicidade:


No site Mirojobs trabalhamos da seguinte forma: divulgamos todo o tipo de vaga, embora algumas como médico, engenheiro, etc; tenham pouca procura. Mesmo assim, não escolhemos a oportunidade, não sabemos o que o usuário do outro lado procura. Todas as vagas são enviadas por e-mail ou por nossos "feeds diretos" em nosso fórum de contribuidores.

Algumas vagas de emprego são muito complexas para repassar no site, por estarem em imagens. Nestes casos divulgamos as mesmas diretamente no nosso Twitter: https://twitter.com/Mirojobs  ou no Google Plus: https://plus.google.com/b/117542284364621240935/+MirojobsEmpregos.


No site Mirojobs trabalhamos com vagas de todos os níveis e em grande quantidade. Porém, recomendamos que procure emprego também fora do site, direto nas empresas, amigos, até um ex-patrão pode lhe ajudar.

Procurando emprego fora da internet

Além das famosas placas "precisa-se", existem outras formas mais eficiente: Tenha bastante contatos profissionais, deixe claro para sua rede de contatos que está procurando emprego.

Quando uma vaga chega até nós, quer sendo por agência de emprego ou diretamente, ela já passou pelo processo interno de "Q.I." ou seja, quem indica. É quando a empresa abre uma determinada vaga e algum funcionário interno indica alguém. Isto ocorre todo tempo, em várias empresas.

Somente após passar todo o processo de indicação interna, a empresa parte para outros meio como agências de emprego, sites, classificados, mural em terminal de ônibus, etc. 

Construindo sua rede de contatos

Utilize o Whatsapp, o Linkedin para formar suas redes profissionais. Sabe aquele grupo de amigos da faculdade? ou o grupo da família? É um bom lugar para começar. No Linkedin, tenha um perfil ativo, poste, procure interagir com as pessoas, crie círculos. No Facebook, entre em grupos relacionados à sua área de atuação, não somente em grupos de emprego.

Lembre-se que este é um processo lento, a rede de contatos profissionais, o chamado "networking"  se constrói com o tempo, cada empresa que você trabalha você vai adquirindo mais contatos e formando seu grande círculo. Este é um trabalho, que dá trabalho e no futuro vai fazer você conseguir um bom trabalho.